7 DE JULHO, DIA INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO

Sociedades sustentáveis por meio da cooperação. 

No dia 7 de julho de 2018, cooperados de todo o mundo celebrarão o Dia Internacional das Cooperativas. Por meio do slogan Sociedades Sustentáveis através da cooperação, mostraremos que, graças aos nossos valores, princípios e estruturas de governança, as cooperativas possuem tanto sustentabilidade quanto resiliência em sua essência, já que o interesse pela comunidade é o sétimo de seus princípios orientadores. A Aliança Cooperativa Internacional está incentivando seus associados a usarem a hashtag #CoopsDay e o guia dos cooperados (versão em espanhol) para divulgar o evento.

“Nós representamos 1,2 bilhão de cooperados. Não há outro movimento econômico, social e político no mundo que, em menos de 200 anos, tenha crescido tanto quanto nós. Mas o crescimento não é o mais importante. Nós consumimos, produzimos e usamos os recursos que o planeta nos dá, de forma cuidadosa e com muito respeito ao meio ambiente e com as comunidades. É por isso que somos um parceiro fundamental para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas ”, afirma o presidente da Aliança Cooperativa Internacional, Ariel Guarco.

Sociedades sustentáveis são aquelas que correspondem aos limites ambientais, sociais e econômicos e conduzem ao crescimento. Por sua própria natureza, as cooperativas desempenham um papel triplo:

• Como atores econômicos, criam oportunidades de emprego, meios de subsistência e geração de renda;

• Como empresas centradas nas pessoas com objetivos sociais, contribuem para a igualdade e justiça social;

• Como instituições democráticas, são controladas por seus associados, desempenhando papel de liderança na sociedade e nas comunidades locais.

Anúncios

Ariel Guarco é o novo presidente da Aliança Cooperativa Internacional

A Assembleia realizada em Kuala Lumpur conduziu o argentino Ariel Guarco à presidência da Aliança Cooperativa Internacional.

Clique no endereço abaixo:

http://www.cooperar.coop/ariel-guarco-es-el-nuevo-presidente-de-la-alianza-cooperativa-internacional/

Espírito Cooperativo

A Aliança Cooperativa Internacional (ACI), organiza neste mês de novembro de 2017, a sua Assembleia Geral, este ano na Malásia.
É um programa intenso de assuntos variados e importantes, tratando das atualizações que precisamos incrementar nas Cooperativas.
O foco principal do encontro, e o próprio título traz a frase “Cooperativas: Colocando as pessoas no centro do desenvolvimento.”
Esta é a frase que muitas Cooperativas não aplicam no seu dia a dia. Estamos interessados mais em cuidar as Cooperativas como empresa e sua administração, do que Cooperativas como um grupo de pessoas de interesses comuns, buscando progredir e melhorar suas condições de vida (através da produção e consequente ganho, obviamente).
É necessário reativar o espírito cooperativo!

Brasil, celeiro do mundo.

Referido como o “celeiro do mundo”, o Brasil recebe 50% de seus alimentos das 1.543 cooperativas agrícolas do país. O setor cooperativo emprega 361 mil pessoas e 6,2% dos brasileiros estão associados a uma cooperativa. Mais de 70% do consumo alimentar do país é doméstico. Além disso, as cooperativas são responsáveis ​​por mais de US $ 5,2 bilhões em exportações.

Como será tua cooperativa em 2020?

 

Na recente AsMonique Lerouxsembleia Geral da Aliança Cooperativa Internacional (ACI), realizada na Turquia, a preocupação foi, entre outros assuntos, se o movimento cooperativo tem futuro. Temas em destaque: Identidade cooperativa, sustentabilidade, negócios cooperativos, defesa das cooperativas, etc.

Monique Leroux, canadense, foi eleita presidente da ACI nessa Assembleia. Alguns dos seus projetos contemplam: aumentar ações locais e a intercooperação; aumentar o apoio de entidades internacionais para o movimento ser mais conhecido e melhorar a difusão do cooperativismo pela participação mais efetiva nessas entidades; dar valor ao desenvolvimento sustentável e à responsabilidade social; solidificar o movimento cooperativo, com foco na criação de empregos.

Da Assembleia Geral foram emitidas notas de orientação sobre o que significa ser cooperativa. Essas notas refletem as mudanças na sociedade, as preocupações com o meio ambiente, a mudança na legislação em matéria comercial e financeira. Foram concebidas para adaptação das cooperativas em suas formulações de políticas, e aos seus legisladores.